É hora do seu provedor de internet oferecer IPTV, TV por IP e OTT? - Olé - A melhor experiência de internet de Santa Catarina

É hora do seu provedor de internet oferecer IPTV, TV por IP e OTT?

 em Blog

Afinal, qual é o melhor serviço para criar uma excelente visibilidade e controle dos serviços de internet e TV? Na verdade, há muitos fatores em que pensar antes de tomar uma decisão, mas considere o seguinte: os serviços de IPTV e OTT não mostram sinais de desaceleração.

IPTV e TV por IP no seu provedor de internet

Por exemplo, os números de assinaturas a cabo caíram em favor de alternativas como Netflix. Isso só mostra que o setor de consumo de vídeo em geral cresceu. Por isso, há muitas formas de sintonizar seus programas favoritos.

Nosso objetivo neste post é orientar você, explicando como esses serviços de IPTV e OTT funcionam e como decidir sobre o que é melhor para você, sua empresa e sua família.

Os tempos digitais mudaram a forma da TV por IP

Com cada vez mais dispositivos conectados em conteúdos digitais, seja em smartphones, tablets ou SmarTVs, agora é a hora de estabelecer a sua presença pela IPTV (também conhecida como TV por IP).

Compreender a diferença entre os serviços de streaming de TV a cabo, TV por satélite, IPTV e OTT (over-the-top) pode parecer à primeira vista, algo complicado — especialmente quando os provedores de conteúdo tentam oferecer serviços de combo que costumam obscurecer a linha que existe entre a internet e a mídia de transmissão.

Portanto, antes, vamos orientar acerca de algumas definições rápidas:

TV por IP ou IPTV

A Internet Protocol Television fornece acesso por meio de uma rede gerenciada em particular.

Streaming OTT

Prestação de serviços de terceiros, como Netflix e YouTube, entregues pela Internet aberta. Neste caso, as redes diferem do cabo e do satélite, oferecendo conteúdo através do mesmo modelo cliente-servidor que fornece seu e-mail, sites e outros serviços baseados na Internet. 

Assim, nos dois casos, o consumidor solicita e recebe conteúdo via Protocolo da Internet. A principal diferença entre o streaming de IPTV e OTT é que o conteúdo transmitido pela OTT vem pela mesma rede aberta e não gerenciada, enquanto o IPTV usa uma rede privada e dedicada para oferecer um serviço mais consistente.

Diferentemente do cabo ou satélite, onde o conteúdo é transmitido em tempo real, os serviços de streaming IPTV (TV por IP) e OTT armazenam programação em servidores (seja pelo Netflix ou por uma assinatura IPTV), permitindo que os usuários solicitem o conteúdo pela internet a qualquer momento.

Com isso em mente, aqui está uma rápida visão geral de cada opção:

Transmissão OTT

Em geral, os valores mensais são baixos e garantem muito conteúdo gratuito, a instalação é mínima, tudo o que o cliente precisa é de um laptop ou telefone. Porém, ter um box de streaming de TV pode aprimorar a experiência. A programação pode ser ampla, oferecendo algo semelhante ao cabo.

Quanto à qualidade, ela está sujeita à velocidade da internet em questão, com “buffering” e outros tempos de espera comuns para conexões que podem ficar lentas em exibições nos horários de pico.

Outra informação importante é que pode haver limites de dados, pois muitos ISPs agora têm limitações para a quantidade de dados que o cliente pode consumir, limitando o quanto ele pode assistir a cada mês. No entanto, isso só se remete para planos limitados, evidentemente.

Por que a IPTV garante melhor qualidade

Embora o OTT e o IPTV (TV por IP) usem a internet para fornecer conteúdo de streaming, o OTT é fornecido através da internet aberta não gerenciada, enquanto o IPTV (TV por IP) usa uma rede ou infraestrutura dedicada e gerenciada fornecida pela operadora.

O IPTV (TV por IP) garante vídeos de alta qualidade com menos interrupções do que o streaming OTT, devido à rede de entrega de conteúdo gerenciada em particular.

Ela ainda não requer instalação especial além de um decodificador, supondo é claro que o cliente já tenha internet de banda larga.

Com o conteúdo OTT, um consumidor com banda larga a cabo adquire conteúdo de uma empresa terceirizada, mas o conteúdo é entregue pela mesma infraestrutura dos seus dados. No entanto, como o conteúdo OTT é entregue pela internet pública, e não por provedores particulares, como a IPTV, ele está sujeito aos mesmos bloqueios e limitações da internet comum.

Assim, potencialmente, a maior limitação é a implementação de limites de dados pelos ISPs, com longas esperas de buffer, velocidades mais lentas nos horários de maior uso da internet e redes Wi-Fi domésticas mal configuradas. Tudo isso pode contribuir para diminuir a qualidade dos fluxos de conteúdo OTT.

Saiba mais: 6 erros no provedor de internet que impedem seu negócio de crescer

Então, vale a pena investir na moda do streaming e suas alternativas para ISP?

Não se incline para trás e pense que isso vai passar. Na verdade, para começar, a OTT oferece a capacidade de garantir rapidamente uma variedade de serviços de streaming a seus clientes. Eles podem assistir o que quiserem, sempre que quiserem, onde quiserem, tudo isso via redes de dados e Wi-Fi.

Além disso, podem ter acesso em qualquer dispositivo que desejarem, tablet, smartphone, desktop, TV ou laptop.

Assim, com tudo isso, os provedores de serviços de streaming que oferecem soluções IPTV (TV por IP) ou OTT são os atuais preferidos pelos clientes, ao invés dos provedores de serviços que não oferecem tais pacotes.

Você pode pensar também na IPTV (TV por IP) como um híbrido entre um provedor de conteúdo OTT e um provedor de TV a cabo. Essencialmente, o IPTV (TV por IP) é um serviço de TV digital baseado em assinatura formalmente estruturado disponível para consumidores de ISPs.

A IPTV tem muitas semelhanças com os fluxos de conteúdo OTT que os consumidores desfrutam de empresas como a Netflix. Nos dois casos, o conteúdo é entregue via internet e transmitido sob demanda. A principal diferença entre solicitar conteúdo via IPTV e clicar em “play” no YouTube é que o IPTV (TV por IP) usa uma rede de entrega de conteúdo gerenciada particular para obter uma qualidade de serviço maior.

Em vez de transmitir o conteúdo diretamente para o seu navegador, o conteúdo de IPTV sai do seu roteador para um decodificador para que seja exibido na sua TV. Como seu provedor de serviços é responsável por fornecer sua internet de banda larga, ter um provedor que gerencie bem os serviços é muito melhor do que tentar fazer uso de atalhos terceirizados que tentam otimizar a qualidade do fluxo “fora” da rede.

Em geral, o objetivo da IPTV (TV por IP) é permitir que o cliente consuma conteúdo de TV pela internet sem precisar desses atalhos. Novamente, o que diferencia o IPTV do streaming genérico é que ele chega ao consumidor por uma rede gerenciada de maneira privada, resultando em maior qualidade geral do serviço. 

A outra grande diferença entre o IPTV e outro conteúdo de vídeo fornecido pela internet é que o IPTV (TV por IP) é um serviço de assinatura ligada diretamente à empresa fornecedora. Isso oferece uma experiência de TV mais semelhante à transmissão tradicional de TV, embora com funcionalidade interativa muito mais rica.

O IPTV permite interatividade semelhante à que o cliente obtém com uma smart TV, incluindo pausa, reprodução, retrocesso e exibição sob demanda.

Como os serviços de streaming OTT como a Netflix continuam a absorver parte do mercado de TV, as empresas fornecedoras estão melhorando e introduzindo novas e atraentes alternativas de IPTV (TV por IP) baseadas em suas próprias infraestruturas.

TV a cabo e via satélite: tecnologias aposentadas?

No entanto, claro, isso não quer dizer que o cabo e o satélite sigam o velho caminho.

O cabo ainda apresenta uma opção para os usuários tradicionais ​de TV, e levará um tempo para que as infraestruturas de TV a cabo ou de banda larga cheguem às áreas rurais servidas predominantemente por TV via satélite.

Uma coisa que você pode ter certeza: o Brasil passou a assistir mais TV, em mais dispositivos, do que nunca.

A qualidade do conteúdo e da imagem, tanto para OTT e IPTV (TV por IP) são diferentes. Portanto, para garantir a “alta qualidade”, é importante que o modelo de negócio, a qualidade do serviço e do conteúdo, sejam levados em conta

Então, como será o futuro do streaming? Bem, a resposta está nos detalhes, como em quão bem os provedores atendem seus objetivos de entrega. A experiência do usuário é o que determinará o que os usuários finais escolherão. Portanto, a solução é como os provedores e o setor como um todo escolhem enfrentar o desafio de fornecer uma ótima experiência ao usuário.

Os vencedores serão àqueles capazes de aproveitar as oportunidades para oferecer qualidade superior aos concorrentes, com diferenciais únicos em seus serviços de conteúdo digital.

 

E você, deseja iniciar seu serviço de streaming? Talvez sua busca termine aqui! A OléTV é um provedor completo de SaaS (software como serviço) com uma plataforma de streaming de vídeo abrangente, única, que permite ao seu ISP se alinhar às tendências tecnológicas mais modernas. Isso faz com que sua empresa se torne mais competitiva, oferecendo mais conteúdos digitais para uma ampla fidelização de clientes e claro, agregando valor ao seu negócio.

Na OléTV, você tem garantido qualquer categoria de Live (conteúdos ao vivo), Live Stream de canais de TV por assinatura, o Play (conteúdo gravado em funções avançadas), start over, time shifting e gravações (catch-up), as funções de OTT com acesso a VOD (video on demand) e muito mais! Tudo que só uma plataforma de TV por IP pode oferecer!

A OléTV literalmente cuida de tudo isso, da perspectiva de TI, sem que você precise contratar nenhuma equipe extra. A OléTV faz tudo por você, desde servidores, armazenamento, rede segura e gerenciamento, tudo sob um único serviço.

Siga acompanhando o nosso blog e saiba mais sobre o serviço para sua ISP!

Postagens Recentes
AcessoRapidobtAssineJabtAssinantesbt2viaBoletobtCameraVivoChat ao Vivo
  • Indique um amigo

    • Seus Dados

      Preencha os dados abaixo para fazer a indicação

    • Dados do seu amigo

  • Preencha o formulário abaixo que entraremos em contato com você!

  • Assinantes

    • Entre com seus dados de acesso abaixo:
  • Assine Olé